Vamos combinar que uma das coisas mais bacanas de se fazer é tirar um tempinho do trabalho e dar um jeito na nossa casa. Móveis para lá, materiais de limpeza para cá e o visual fica ótimo. Mas para a decoração ficar excelente, você vai ter de pensar em mais um detalhe: as cortinas certas que vão trazer todo o charme para as portas e janelas do seu lar, doce lar.

Para que a tarefa não se transforme num problemão, nós, da Tropical Multiloja, criamos esta matéria. Não se preocupe, a ideia é listar as principais orientações de maneira bem objetiva. Vamos lá?

  1. Foco no tamanho dos produtos

Antes de sair de casa para ir às compras, anote as medidas das portas e janelas que vão receber o acessório. Tenha em mente que você deve deixar uma folga de 10 centímetros de tecido para cada lado. Porém, se a ideia é transmitir ao lugar elegância e receptividade, é possível trabalhar perfeitamente com as cortinas do teto ao chão.

  1. Não compre cortinas muito escuras

vantagens-cortinas-claras

Opte pelas cortinas claras para deixar o ambiente mais fresquinho.

Nós sabemos que garantir a privacidade é fundamental, mas comprar modelos escuros demais não ajuda em nada, pois eles retêm mais calor e aumentam a temperatura do ambiente. Nesses casos, prefira aqueles mais clarinhos que barram a quantidade de luz suficiente sem elevar o clima.

  1. Atenção para a lavagem do tecido

Certifique-se de que o tecido é pré-lavado ou tem um percentual de encolhimento para evitar surpresas na hora de lavar o produto. Geralmente, a recomendação é que você compre cortinas confeccionadas com tecidos totalmente sintéticos que são, inclusive, mais fáceis de limpar em casa.

  1. Saiba como instalá-la

Há dois modos de colocar as cortinas: com varão ou com trilho. O primeiro é mais ace$$ível e permite que o tecido corra tranquilamente. O segundo é um pouquinho mais caro, mas proporciona um toque sofisticado e aceita uma variedade maior de pregas. Ah, ele ainda pode ser escondido com gesso.

Leia mais:
Vasos de decoração: 5 dicas para uma casa ainda mais bonita

  1. Opte por cores “universais”

cortina-cor-universal

Tons mais neutros conseguem se adequar com mais facilidade aos ambientes.

Cortinas lisas com cores neutras geralmente combinam com qualquer ambiente e não enjoam tanto. Se tiver em dúvida, vá de branco porque ele se adequa aos móveis e às cores do ambiente com mais facilidade.

  1. Evite cortinas em locais úmidos demais

Sim, estamos falando sobre os banheiros que vivem molhados, o que prejudica a qualidade do tecido, favorecendo o aparecimento do temido mofo. Opte por persianas em PVC que também são indicadas para a cozinha (nas áreas próximas da pia).

Matérias relevantes para você:
Conheça 5 utensílios surpreendentes para facilitar a rotina
5 dicas práticas para economizar na decoração da sua casa

  1. Priorize os espaços pequenos

Caso a sua casa ou o cômodo escolhido para receber as cortinas não seja tão grande assim, vale a pena apostar nos modelos mais clarinhos para proporcionar essa sensação de espaço dentro do compartimento. A explicação está no fato de a luz entrar em maior quantidade, aumentando a visibilidade interna.

  1. Use forro

A sua função é proteger o ambiente e manter as características das cortinas. Para se ter noção, tecidos como a seda são mais frágeis e passíveis de brechas ou fendas. Ele pode ser confeccionado separadamente e corre em um trilho ou varão independente.

Baixe gratuitamente o nosso material:
5 dicas para decorar sua casa com R$300

  1. Aqueça os ambientes com as cortinas

tecido-grosso-cortina

Tecidos mais grossos são excelentes para manter a temperatura dentro do cômodo por mais tempo.

Tecidos mais densos ou com várias sobreposições são ótimos para aquecer ou reter a temperatura nos quartos à noite, por exemplo. Se você tem o hábito de utilizar o ar-condicionado frequentemente e quer economizar na conta de luz, esse tipo de cortina pode ajudar.

  1. Reconheça as necessidades do ambiente

As cortinas que usamos nos dormitórios não são as mesmas que utilizamos na sala. Portanto, aprenda a adequar os modelos de acordo com as necessidades do espaço. Cômodos que recebem mais pessoas como a sala de estar merecem uma luminosidade maior. Tenha só cuidado para não atrapalhar a visão em relação à TV que reflete bastante a luz de fora.

Gostou do conteúdo? Então aprofunde os seus conhecimentos com o nosso guia supercompleto Aprenda a organizar a casa inteira em apenas 7 dias! Nele, nós destacamos dicas incríveis e totalmente práticas para acabar de uma vez com a bagunça e a sujeira. Para acessar o conteúdo grátis, é simples: basta clicar aqui!